Tumblelog by Soup.io
Newer posts are loading.
You are at the newest post.
Click here to check if anything new just came in.
bradkiddle4415

Luiz Telles, Da Artplan: ‘estratégia De Redes sociais é Sobre Descrever Histórias’

Metade Das Organizações Não Tem Empregados; Donos Improvisam No Dia a dia


Quando esteve pela primeira vez diante de uma estratégia de redes sociais, Luiz Telles, diretor nacional de assunto e engajamento da Artplan, diz que enxergou uma história. “Isso por aqui é roteiro. Tem elementos que exercem significado. Não é simplesmente gerar posts. As três Maneiras Diferentes Do Marketing Nas Redes Sociais (E Como Fazer) geração de discussão. E isto me interessa”, pensou à época.


Artista plástico, designer gráfico e “bicho de agência”, ele imediatamente havia acumulado uma experiência de 20 anos trabalhando com marcas e agências em várias frentes. Entretanto o fio narrativo que viu nas mídias sociais o fez ansiar mergulhar pela área. “Foi quando me vi na primeira vez como pessoa de conteúdo”, reitera. Hoje, pela Artplan, o executivo diz que trata as estratégias digitais a toda a hora do ponto de visibilidade de construção de storytelling. “A gente tem trabalhado como se fazem uso estruturas narrativas de imediato conhecidas, como recursos de roteiro, infraestrutura em três atos, de forma que gerem mais encontro. Governista Tenta Se Eleger No Equador Com Modo Mais Moderado Que Correa /p>

Todas as coisas que faço têm a ver de perto com isto.” É o que tem guiado toda a estratégia que a Artplan encampa na cobertura de eventos para marcas. No case do Rock in Rio, como por exemplo, a agência fez toda a comunicação dos perfis oficiais do festival. Foram oito meses de preparo, e um trabalho de elaboração de 7 dias. “Começa pela concepção da ideia. A gente tenta garantir isso na gênesis.


A força narrativa toca as pessoas, segundo Luiz. E a estratégia digital, com assistência de business intelligence (BI), impulsiona. “A gente conseguiu realmente uma coisa que nunca tinha visto antes. A gente gerou 39 milhões de interações com nossos conteúdos durante o festival. Se declarar que 700 1 mil pessoas estavam lá, foi quase 50 vezes mais alcance, só com o tema que a gente produziu.” Ao todo, foram cerca de 2.Quatrocentos postagens.


A experiência bem-sucedida fez a Artplan formar um artefato pra cobertura de grandes eventos, o Artplan Now. O Que Os Políticos Podem E O Que Não podem Fazer Nas Redes sociais ideia é doar gestão de assunto em tempo real para marcas. Antes de ter bem amarrado todo este trabalho, que combina tema e tecnologia, Luiz conta que fez uma enorme arrumação em moradia.


A Artplan passou por um processo de integração digital e de tema. No momento em que chegou à agência, há quase três anos, seu principal desafio foi quebrar as barreiras entre as áreas de planejamento, construção e BI. “Digital e tema têm de ser como um vírus. O método foi feito em fases. Primeiro, com a migração de perfis profissionais especializados em digital para a constituição. Depois, levando estrategistas de tema pro planejamento.


Em paralelo, foi estabelecido um plano pra acionar o BI. “O O Papel Das Redes sociais Como Fio Condutor Das Manifestações No Brasil o passado, o presente e o futuro. Graduado em artes visuais pela USP, Luiz Telles começou a carreira como designer gráfico de embalagens e webdesigner. Passou na primeira vez pela agência Wunderman em 1998, como atendimento. Migrou para o Submarino, pra ser diretor de constituição. Voltou à Wunderman em 2007, onde ficou por oito anos e saiu como diretor de contas. Deixou a agência para assumir a diretoria nacional de tema e engajamento da Artplan.


     
  • BRUNO comentou: 22/07/12 ás 23:Cinquenta e seis
  •  
  • Permaneça conectado
  •  
  • Compra 100% Segura
  •  
  • 27º) Criciúma - 143 1 mil
  •  
  • Grum


Seguindo a lógica de que sites mais rápidos são mais bem classificados pelo Google, o AMP é fator importante pra ter bons resultados em buscas orgânicas feitas em dispositivos móveis. Você podes usar plugins no seu WordPress para promover esta mudança. Atualizar postagens mais antigos que têm um volume curioso de tráfego é uma prática bem vista. Isso mostra pro Google que você está preocupado em preservar a qualidade desse assunto e com o valor percebido por seus leitores.


Além do mais, “reciclar” artigos pode ser uma forma de apresentar-se nas primeiras posições pra acordados tipos de busca que envolvem atualizações mais frequentes. Fazer ajustes constantes nas tuas melhores páginas e naquelas que são mais promissoras é a toda a hora uma forma de mantê-las competitivas. Colocar hiperlinks internos, otimizar imagens e títulos primordiais podes garantir alguns avanços nos resultados de busca. Outra dica interessante é ficar de olho nas palavras chave que trazem mais tráfego e achar oportunidades de encaixá-las no texto (desde que elas façam sentido por esse fato). Um dos principais fatores de qualidade para o Google é a autoridade e a importância de um autor e, por decorrência, do seu website.


(PRO)
No Soup for you

Don't be the product, buy the product!

close
YES, I want to SOUP ●UP for ...